Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts

Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts

RPG Hogwarts
 
InícioCalendárioFAQBuscarPDMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Há vagas disponíveis para o Ministério, confiram em Cargos e Funções

Vaga abertas para professores de 2° Ano. - Confira em Cargos e Funções

Atenção, todos os alunos do 1° ano, mandem suas corujas para a diretora para confirmar sua inscrição no grupo.
Novatos direcionem-se direto ao chapéu seletor.

O Profeta Diário já se encontra no portal! Não deixem de conferir!


Compartilhe | 
 

 Cabine número 2

Ir em baixo 
AutorMensagem
Helga Hufflepuff
Administradores
Administradores
avatar

Idade : 27
Localização : Londres
Mensagens : 132
Data de inscrição : 19/11/2013

MensagemAssunto: Cabine número 2   Seg Dez 02, 2013 1:28 pm

cabine 02
A cabine dos alunos da lufa-lufa é bastante iluminada e ao invés de bancos de madeira seus acentos são puff's de vários tamanhos nas cores amarelo, marrom e branco. As cabines são enfeitiçadas para tocar música ambiente deixando o espaço totalmente “zen”. A porta da cabine tem uma forma de círculo e existe um pequeno compartimento na lateral para guardar os objetos pessoais, que geralmente é apenas preenchidos com doces de todos os tipos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Isabella Smith Windsor
Lufa Lufa
Lufa Lufa
avatar

Idade : 15
Localização : Londres/Hogwarts
Mensagens : 29
Data de inscrição : 10/12/2013

Perfil Escolar
Ano Escolar: 1° Ano
Galeões:
Saúde: Saudável

MensagemAssunto: Re: Cabine número 2   Sab Dez 14, 2013 12:25 am


Expresso de Hogwarts

Estava passando uns dias na casa de uma tia distante minha. A mesma morava em Viena e pediu que eu passasse uns tempos lá. Em uma bela manha de domingo, recebi uma coruja avisando que eu havia sido selecionada para estudar na escola de magia e bruxaria mais famosa que eu conhecia. Fiquei muito animada, pois tinha curiosidade de aprender mais sobre o mundo dos bruxos. Já que minha mãe e meu pai haviam desaparecido sem deixar nenhum vestígio, com esse sumiço, não pude aprender muita coisa. Titia era trouxa e minha mãe bruxa, mamãe sempre dizia que era para manter segredo de sua irmã "titia" e de papai, por ser trouxa também. Com isso o tempo foi passando e minhas habilidades foram ficando para trás, totalmente escondidas. As vezes me pego pensando o que teria acontecido com o papai e a mamãe. Mas ai acabo esquecendo, por causa das aventuras que arrumo todos os dias.
Titia havia lido a carta e não intendeu muito bem do que se tratava, mas logo comecei a explicar, não queria que se assustasse e por isso fui bem cautelosa. Ela ficou por um tempo em silêncio e com um olhar de surpresa, me abraçou chorando muito. - Shelly, você guardou isso todos esses anos? Estou confusa, mas percebo que és uma manina de ouro. Falou minha tia com um tom de orgulho.
Titia estava triste, mas surpreendentemente reagiu bem e concordou em me levar ao embarque. No meio do caminho paramos em uma lanchonete e comemos juntas, rosquinhas e alcaçuz. Eram os doces preferidos da minha mãe. Ao terminar meu lanche, apressei titia, pois tinha medo de perder o trem. Não demorou muito e chegamos ao lugar do embarque, era um trem imenso e bastante acolhedor. Titia ajudou-me a acomodar as bagagens e logo me deu um abraço apertado. Fiquei aflita ao  vê-la assim, era de partir o coração. - Não chore, titia mandarei notícias, agora que já sabe toda a verdade, mandarei minha coruja, Abel entregar-lhe cartas toda semana. Falei tentando alegra-la um pouco.
- Isso não é um adeus, mas sim uma breve despedia. Quando você menos esperar estarei de volta.
Com um sorriso no rosto me despeço da titia entrando no trem. Viro meu rosto para trás e aceno rapidamente lhe dando tchau.
Apesar de toda aquela lágrima, estava feliz. Enfim, começaria uma nova história em minha vida. Meu desejo era ser uma grande bruxa e lutaria com todas as minha forças para que se tornasse realidade.
Fiquei encantada ao adentrar no 3°vagão, sua porta era de forma arrendondada e ao lado existia um pequeno compartimento, onde era possível armazenar objetos pessoais e que normalmente era preenchido com doces. O ambiente transmitia muita paz e alegria. No lugar dos bancos de madeiras, como mamãe havia me contado, tinham pufs de todas as cores e tamanhos, o que era bem mais confortável e alegre. Sentei em um puf, próximo a janela, abri minha mochila e peguei algumas folhas de pergaminhos em branco, ali começaria a anotar tudo que acontecesse comigo, ao começar pelo dia em que contei toda a verdade a minha tia linda, depois minha entrada no terceiro vagão, a cabine três onde vira os pufs coloridos e assim por diante. Ficaria tudo registrado em minhas folhinhas.
Por uns minutos parei de escrever e fiquei imaginando a minha chegada em Hogwarts. Estava muito ansiosa e não via a hora de fazer amigos. Guardei minha folhas de pergaminho e repousei a cabeça na janela de vidro que estava fechada com uma cortina de veludo amarela.
Fechei meus olhos e tentei descansar um pouco enquanto não chegava a tão esperada Hogwarts..    
♦ Ação ♦ - Minha fala- Outras falas{Pensamento}  


(Off com sono! Não consegui corrigir, favor desconsiderar qualquer erro de português ou palavra sem sentido 03:27hs)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Cabine número 2
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [REGRA] Mero Mero no Mi
» Cabine nº 02
» Cabine nº 01
» DEFCON 4: O novo, o velho e a justiça
» Pergaminhos - Jean

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts :: Estação de Hogsmeade :: Expresso de Hogwarts :: Quarto Vagão-
Ir para: